Mais notícias

Política | 18/01/2017 | 09:58

Vereadores hervalenses se reúnem com prefeito Américo Lorini

Esta foi a primeira reunião entre Executivo e Legislativo.

Fotos: Divulgação/Joce Pereira

A convite do prefeito Américo Lorini, os vereadores de todas as Bancadas participaram de uma reunião que teve por objetivo aproximar o Executivo do Legislativo. Também presente o vice-prefeito Mauro Martini e o assessor jurídico da Prefeitura Daniel Meira. Segundo o prefeito esta foi a primeira de uma série de encontros entre os dois poderes que ele pretende promover.  Durante a reunião o prefeito apresentou aos vereadores as medidas de contenção e gastos que precisa adotar, dados da situação financeira da Prefeitura que ele denominou de caótica.

                                  O prefeito pediu o apoio dos vereadores. “Nós sabíamos que a situação do município estava muito difícil, mas não imaginávamos que era tanto, mas agora não adianta reclamar, vamos trabalhar, fazer tudo que estiver ao nosso alcance para melhorar este quadro”. Entre as medidas urgentes está a revisão do Plano Diretor. “Não há previsão de aumento na arrecadação, pelo contrário, então temos que atrair novas empresas para o nosso município e isso só vai ser possível mudando nosso Plano Diretor, pois hoje da forma que está ninguém consegue instalar sua empresa aqui”.

                            O presidente do Legislativo hervalense Vanderlei Antunes da Silva – Vande-, disse que esta reunião entre os vereadores e o Executivo é algo inédito e que mostra realmente o interesse desta Administração em fortalecer a parceria entre os dois poderes, visando unicamente melhor a situação do município e a qualidade de vida da população. “Somos parceiros, vamos apoiar a Administração em tudo que for necessário, também estamos adotando medidas de corte de gastos na Câmara e sempre que possível devolveremos recursos para ajudar o Executivo. Como falei anteriormente, a sigla de todos os vereadores tem que ser “ Herval d’ Oeste”. As diferenças partidárias deixam de existir quando tem algo maior em jogo, que é devolver a nossa população o que lhe é de direito, um governo voltado para as necessidades do povo”.

Fonte: Da Assessoria de Imprensa/Joce Pereira
Comente